Domingo, 17 de Dezembro de 2017
   
Fonte +/-
 
Facebook Whatsapp
67.9292.7095

Busca no site

Negociação mantém indefinido horário especial do comércio no Natal

Os trabalhadores afirmam, por meio dos sindicatos, que propostas para definições de convenções coletivas foram enviadas à classe patronal há mais de dois meses. No entanto, segundo os sindicatos, não houve interesse por parte dos patrões.
alt

Diferente do que acontecia nos últimos anos, em 2017 o comércio de Campo Grande pode não adotar horário especial de atendimento. Geralmente, com a proximidade do Natal, já em novembro as lojas do Centro e dos shoppings abriam até mais tarde.

A Fetracom (Federação dos Trabalhadores no Comércio do Estado) anunciou nesta segunda-feira (13) que não continuará nas negociações. A medida de não abrir em horário diferenciado é uma resposta dos sindicatos que representam trabalhadores em razão de não negociação com classe patronal.

A abertura do comércio nesta quarta-feira (15), feriado da Proclamação da República, também está vedada no interior do Estado. Os supermercados, no entanto, funcionam normalmente.

De acordo com a Fetracom, a legislação determina que convenção coletiva seja firmada entre trabalhadores e patrões, no entanto, a exemplo do feriado de Finados, isso não ocorreu. Apenas em Campo Grande pode haver abertura no feriado em razão de convenção coletiva anterior.

Ainda sobre o horário especial de Natal, a federação afirma que está definida a não negociação sobre o assunto. Nos últimos anos, no mês de novembro o horário diferenciado já entrava em vigor.

 

Por outro lado, assessor jurídico da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de MS), Fernando Camilo, afirma que as negociações com os trabalhadores continuam e que não há previsão de quando sairá a definição sobre o funcionamento no Natal.

 

Política

Destaque

Convenção do PMDB confirmou André Puccinelli como Presidente O ex-governador André Puccinelli foi eleito presidente do PMDB na convenção que aconteceu neste sábado (2), na Associação Nipo Brasileira em Campo Grande.    Na...

Leia mais...

Aécio Neves foi gravado pelo empresário Joesley Batista pedindo R$ 2 milhões (Foto: G1) Um relatório elaborado pela Polícia Federal após a análise de objetos e documentos que foram apreendidos no apartamento do senador Aécio Neves...

Leia mais...

A possível indicação do deputado federal Carlos Marun (PMDB) para o cargo de ministro do presidente da República Michel Temer “aproxima” ainda mais a deputada federal Tereza Cristina, hoje sem partido, dos peemedebistas.  A deputada analisa...

Leia mais...

JORNAL FEITOMS

Banner
Banner

Login Form