Quarta Feira, 17 de Janeiro de 2018
   
Fonte +/-
 
Facebook Whatsapp
67.9292.7095

Busca no site

Santa Casa de Campo Grande é investigada por compra irregular

O Ministério Público Federal (MPF) investiga a Associação Beneficente de Campo Grande (ABCG), mantenedora da Santa Casa, pela compra de equipamentos e mobiliários para atender a Unidade de Trauma. Recurso de R$ 6.989.400 foi viabilizado por convênio com o Ministério da Saúde, entretanto, parte foi utilizada em compra direta em feira hospitalar em São Paulo, portanto, sem realização de licitação. 

alt

A apuração para constatar possível irregularidade na aquisição foi publicada na semana passada no Diário Oficial do MPF.

Conforme o procurador da República Marcos Nassar, a compra foi realizada em maio de 2016, depois da revogação de cotação de preço pela ABCG.

De acordo com o presidente do hospital Esacheu Nascimento, mais R$ 8 milhões foram solicitados ao Ministério da Saúde por meio do convênio para compra de equipamentos - além dos R$ 7 milhões que já tinha recebido. Ou seja, para equipar o anexo do hospital a Santa Casa quer recurso total no valor de R$ 13 milhões.

O hospital alega ter realizado cotação antes da feira e 33 empresas fornecedoras enviaram propostas com a soma dos valores mínimos de R$ 4. 873.637,91. Os mesmos produtos foram adquiridos diretamente na feira hospitalar pelo valor de R$ 3.858.577,57, ou seja, uma economia superior a R$ 1 milhão na aquisição. 

Ao todo, foram 400 itens adquiridos. Entre eles, 34 monitores de pressão arterial não invasiva, 27 monitores multiparametros, 12 desfibriladores, 110 camas elétricas e mecânicas, nove cadeiras de banho e 20 ventiladores pulmonares. Tais informações já foram repassadas ao MPF, bem com as cotações realizadas antes da compra.

Política

Destaque

Informação sobre condenação do vereador Lucas de Lima (SD) foi entregue na manhã desta terça-feira (16) pelo suplente do parlamentar, o ex-vereador Eduardo Cury (SD), mas o presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB) ainda não teve acesso. ...

Leia mais...

As pequisas podem mudar o cargo de disputa do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT) nestas eleições. O pré-candidato a governo de Mato Grosso do Sul confirmou que apesar de não se falar no momento em candidatura ao Senado, há a possibilidade...

Leia mais...

Marun durante reunião com dirigentes da CNM (Foto: Agência CNM)

Leia mais...

A arrecadação do Regis (Programa de Recuperação Fiscal de Mato Grosso do Sul) ultrapassou o valor previsto e chegou aos R$ 173 milhões. O balanço parcial foi divulgado pelo governo do estado nesta quarta-feira (27).   A...

Leia mais...

A primeira chapa para as eleições do ano que vem já está sendo articulada. Como pré-candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul está o ex-juiz federal Odilon de Oliveira (PDT) e para o Senado, o pré-candidato à reeleição, Pedro Chaves (PSC). Os dois...

Leia mais...

JORNAL FEITOMS

Banner
Banner

Login Form