Domingo, 17 de Dezembro de 2017
   
Fonte +/-
 
Facebook Whatsapp
67.9292.7095

Busca no site

Temer passa mal no dia da votação e é internado em hospital de Brasília

altO presidente Michel Temer (PMDB) foi submetido a um procedimento médico nesta quarta-feira (25) chamado “sondagem vesical de alívio por vídeo” no Hospital do Exército de Brasília, onde foi internado com sintomas de uma obstrução urológica. Está em repouso, passa bem e deverá ter alta ainda hoje.

 

A informação foi confirmada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. O procedimento é empregado em situações em que o canal da uretra está fechado, o que impede o paciente de urinar e provoca dor.

Temer foi hospitalizado por volta das 13 horas desta quarta, após sentir uma indisposição no fim da manhã. Em breve nota, a assessoria da Presidência disse que ele “foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto”.

“O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento”, informou. Ele tem 77 anos e é o mais velho presidente da história do país.

O problema médico acontece no mesmo dia em que o plenário da Câmara dos Deputados vota o parecer da denúncia criminal contra ele por obstrução da Justiça e organização criminosa (acompanhe ao vivo).

 

 

Inicialmente imaginou-se que o problema de Temer poderia ser no coração. Há duas semanas, o peemedebista foi diagnosticado com uma obstrução parcial numa artéria coronária. Na ocasião, a equipe médica decidiu que não seria preciso nenhuma intervenção e que ele passaria por tratamento medicamentoso e dieta.

Segundo assessores do Planalto, o médico de Temer, Roberto Kalil, baseado em São Paulo, já foi avisado do problema. Ele estaria avaliando se voa para a capital para acompanhar o presidente ou se o peemedebista deve ser transferido.

A família de Temer já foi avisada, mas ainda não há informações sobre a presença da primeira-dama, Marcela Temer, no Hospital do Exército.

Notas oficiais

Por volta das 15 horas, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou uma nota sobre o caso. Acompanhe:

“O Presidente Michel Temer teve um desconforto no fim da manhã de hoje e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto. O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento. “

Por volta das 16h20, a assessoria soltou uma nova nota:

“Na tarde de hoje, o Presidente da República foi submetido a uma sondagem vesical de alívio por vídeo. O Presidente está em repouso, passa bem e deverá ter alta ainda hoje. O Presidente Michel Temer teve um desconforto no fim da manhã e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto. O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército.”

 

 

Política

Destaque

Convenção do PMDB confirmou André Puccinelli como Presidente O ex-governador André Puccinelli foi eleito presidente do PMDB na convenção que aconteceu neste sábado (2), na Associação Nipo Brasileira em Campo Grande.    Na...

Leia mais...

Aécio Neves foi gravado pelo empresário Joesley Batista pedindo R$ 2 milhões (Foto: G1) Um relatório elaborado pela Polícia Federal após a análise de objetos e documentos que foram apreendidos no apartamento do senador Aécio Neves...

Leia mais...

A possível indicação do deputado federal Carlos Marun (PMDB) para o cargo de ministro do presidente da República Michel Temer “aproxima” ainda mais a deputada federal Tereza Cristina, hoje sem partido, dos peemedebistas.  A deputada analisa...

Leia mais...

JORNAL FEITOMS

Banner
Banner

Login Form