Domingo, 17 de Dezembro de 2017
   
Fonte +/-
 
Facebook Whatsapp
67.9292.7095

Busca no site

Cúpula tucana defende reeleição, mas Reinaldo desconversa em convenção

altReinaldo durante entrevista à imprensa (Foto: Midiamax)

Aclamado presidente regional do PSDB, durante convenção ocorrida na manhã deste sábado no Clube Nipo (sede campo), em Campo Grande, o deputado estadual Beto Pereira defendeu a candidatura à reeleição do governador Reinaldo Azambuja que, no entanto, desconversou, alegando estar dedicado no momento com a governabilidade administrativa do Estado. 

 

O discurso de Beto Pereira foi compartilhado pela maioria das lideranças partidárias, inclusive da cúpula do diretório regional, parlamentares e pela vice-governadora Rose Modesto. Mas o governador sinalizou que só pretende falar de sucessão após o Carnaval. 

 

A Convenção Estadual do PSDB elegeu e empossou hoje (11) pela manhã o novo diretório do partido para o mandato do próximo biênio.

 

“Hoje foi uma grande festa. Um verdadeiro sucesso. Mais de 2 mil pessoas prestigiaram o evento com representatividade de todos os municípios do Estado. Outras agremiações partidárias participaram do evento conosco”, ressaltou o novo líder da legenda.

 

Estiveram presente no encontro políticos do PSB, PPS, Solidariedade, PT do B e DEM.

Segundo ele, o governador Reinaldo Azambuja afirmou que estará focado na administração no próximo ano. “Ele enfatizou que vai se dedicar nesse momento ao governo. O destino político vai ser tocado pelo partido”, revelou Beto. 

 

O que a executiva estadual do PSDB vai trabalhar intensamente agora é iniciar as tratativas com os demais partidos para as eleições do ano que vem.

 

“Agora nós temos que estabelecer uma sistemática dentro do partido de encontros, fóruns regionais e em Campo Grande. Com isso, fazer a oxigenação do partido para pavimentar o caminho para 2018”, explicou Beto Pereira.

 

ADVERSÁRIOS

 

Sem confirmar uma possível candidatura à reeleição de Azambuja, Beto foi bastante republicano em relação aos virtuais adversários dos tucanos na disputa para governo do Estado.

 

Os principais nomes nesse embate são de André Puccinelli (PMDB) e Odilon de Oliveira (PDT), que hoje pela manhã, em ato político na Capital, assumiu que vai entrar no páreo. “Primeiro nós vamos fazer o nosso dever de casa. E o nosso dever de casa é também conversar com os partidos aliados.” Com informações do Correio do Estado.

Política

Destaque

Convenção do PMDB confirmou André Puccinelli como Presidente O ex-governador André Puccinelli foi eleito presidente do PMDB na convenção que aconteceu neste sábado (2), na Associação Nipo Brasileira em Campo Grande.    Na...

Leia mais...

Aécio Neves foi gravado pelo empresário Joesley Batista pedindo R$ 2 milhões (Foto: G1) Um relatório elaborado pela Polícia Federal após a análise de objetos e documentos que foram apreendidos no apartamento do senador Aécio Neves...

Leia mais...

A possível indicação do deputado federal Carlos Marun (PMDB) para o cargo de ministro do presidente da República Michel Temer “aproxima” ainda mais a deputada federal Tereza Cristina, hoje sem partido, dos peemedebistas.  A deputada analisa...

Leia mais...

JORNAL FEITOMS

Banner
Banner

Login Form